qualidade faixa principal.jpeg

QUALIDADE

A CITROPLAST realiza em cada produto e subproduto que fabrica, nas três etapas de sua cadeia produtiva, todos os testes laboratoriais necessários para que os mesmos sempre mantenham o nível de qualidade que a empresa há muito preserva. Para tal, conta com dois completos laboratórios dotados de modernos equipamentos, para auferir alta precisão e confiabilidade a seus resultados.

O Laboratório da Fábrica de Papel realiza os testes em todas as etapas que envolvem a produção das bobinas de papel reciclado, desde a consistência da massa resultante da dissolução das aparas (sucatas de papel e papelão), até a resistência do papel formado pela reagregação das  fibras  dessa  massa.

Dentre os  principais  testes, podemos  citar: CobbTraçãoSchopper-RieglerMullenR.C.T.ConcoraGramaturaUmidade e Ph.

TRAÇÃO

Mede a resistência do papel aoesforço de alongamento. Um papel combaixa tração gera um papelão fraco esusceptível ao arrebentamento.

Schopper-Riegler

Mede a consistência da massa. Uma massa de nível baixo no grau Chouper gera um papel de má formação, comprometendo posteriormente a qualidade do papelão gerado.

mullen

Mede a resistência do papel a pressões de estouro. Um papel com baixo Mullen trará problemas de resistência a estouro também no papelão.

r.c.t

Mede a resistência do papel ao esmagamento. Um papel com baixo nível de R.C.T. gerará um papelão com problemas de empilhamento.

concora

Mede a resistência do papel ao esmagamento de ondulação simulada. Um papel com baixo nível de Concora trará problemas de resistência de esmagamento de onda no papelão.

gramatura

Mede a densidade do papel formado. Um papel com grande redução de gramatura com relação ao seu perfil, traz problemas de resistência e apresentação ao papelão.

umidade

Umidade: Mede a quantidade de água na composição do papel formado. Um papel com alta umidade trará problemas de resistência ao papel e ao papelão gerado.

ph

Mede a acidez da massa de papel. Uma massa de papel com variação no nível de PH gera um papel com problemas de absorção ou de baixa resistência. Este teste é mais comumente utilizado para controlar a quantidade de produtos químicos agregados à massa de papel.

Produto4.jpg

O Laboratório da Fábrica de Papelão realiza os testes  no  papelão  ondulado, esde quando as chapas recém-formadas são produzidas pela máquina "onduladeira", até quando se transformam em caixas, prontas  para  embarque.  Diversos testes são efetuados nesse laboratório, para que se ateste a qualidade padrão que a CITROPLAST impõe a si mesma. Dentre os principais testes podemos citar: CobbCompressão de ColunaMullenEspessuraGramaturaUmidadeR.C.T.Resistência à ÚmidoDimensões.

cobb

Mede a absorção de água pelo papelão. Um papelão com alto nível de Cobb gera caixas que podem ter problemas de enfraquecimento quando acondicionado em ambiente úmido.

compressão de coluna

Mede a resistência ao empilhamento de caixas. Um papelão com baixo índice neste teste terá problemas de empilhamento. Também é utilizado para a determinação do empilhamento máximo tolerável.

mullen

Mede a resistência do papelão a pressões de estouro. Um papelão com baixo Mullen trará problemas de resistência a estouro nas caixas produzidas.

espessura

Mede a altura do papelão formado. Um papelão com grande redução da Espessura com relação a seu perfil de onda, trará problemas de resistência às caixas.

gramatura

Mede a densidade do papelão formado. Um papelão com grande redução de gramatura com relação ao seu perfil, traz problemas de resistência às caixas.

umidade

Mede a quantidade de água na composição do papel formado. Um papel com alta umidade trará problemas de resistência ao papel e ao papelão gerado.

r.c.t

Mede a resistência do papelão ao esmagamento da onda. Um papelão com baixo nível de Crush trará problemas de resistência de esmagamento de onda e empilhamento nas caixas.

resistência
à úmido

Mede a susceptibilidade de descolamento do papelão. Um papelão que não suporta um tempo mínimo de exposição à água, gera caixas que não podem acondicionar produtos em câmara fria.

dimensões

Confere as medidas internas das caixas prontas. Uma caixa de papelão com variação de medidas internas, terá problemas na montagem, fechamento ou até mesmo de encaixe do produto a ser embalado dentro da caixa.